lsof em 9 exemplos práticos

    lsof significa “LiSt Open Files” e é usado para descobrir qual arquivo está em uso por qual processo. A seguir vamos ver alguns exemplos para o comando lsof.

    1. Lista todos os arquivos abertos:

    # lsof
    

    Exemplo lsof

    Onde FD significa File Descriptor e pode conter os seguintes valores:

    cwd - current working directory
    rtd - root directory
    txt - program text
    mem - memory-mapped file

    Também na coluna FD podem constar valores como 1u como file descriptors seguidos de seu modo de acesso:

    r - acesso de leitura
    w - acesso de escrita
    u - acesso de leitura e escrita

    Na coluna TYPE consta o tipo de identificação:

    DIR - Directory
    REG - Regular File
    CHR - Character Special File
    FIFO - First In First Out

    2. Listar arquivos abertos por determinado usuário:

    # lsof -u usuario
    

    3. Achar processos rodando em uma porta específica:

    # lsof -i TCP:53
    

    4. Listar somente arquivos abertos com protocolo IPv4 ou IPv6:

    # lsof -i 4
    
    # lsof -i 6
    

    5. Listar arquivos abertos no intervalo de portas TCP 1-1024:

    # lsof -i TCP:1-1024
    

    6. Listar arquivos abertos por processos excluindo um determinado usuário:

    # lsof -i -u^usuario
    

    7. Listar todas as conexões:

    # lsof -i
    

    8. Listar processos pelo PID. No exemplo a seguir listamos processos pelo PID 1:

    # lsof -p 1
    

    9. Matar/encerrar toda atividade de um usuário específico:

    # kill -9 `lsof -t -u usuario`
    

    Até a próxima!