• Nov 28, 2018

      Trocando o shell do Linux

      Shell é a camada entre o usuário e o Kernel. O shell do Linux é um poderoso interpretador de comandos. Existem vários tipos de shell. O bash (Bourne Again Shell) é padrão no Linux. A seguir vamos ver algumas dicas sobre o shell e, assim, mudá-lo quando preciso.

    • Sep 29, 2018

      Executando sudo sem senha

      sudo (“super user do”) é uma ferramenta para executar comandos e programas com poderes de outro usuário, geralmente um superusuário. Ao usar sudo como superusuário você delega poderes de root ao comando executado, pelo tempo de cinco minutos. Isso quer dizer que, durante cinco minutos após digitar a senha para sudo você poderá invocá-lo novamente sem ter que digitar a senha de novo.

    • Sep 27, 2018

      Protegendo o GRUB com senha

      O GRUB (GRand Unifield Bootloader) por padrão carrega diretamente o sistema e permite alteração em suas configurações de inicialização. Esta característica torna tudo mais prático mas por outro lado abre uma brecha para pessoas má intencionadas digitarem comandos e até mesmo alterarem a senha de root.
      Para proteger o sistema de alterações indevidas é possível configurar o GRUB para solicitar senha. Mas não esqueça de configurar também a bios ou uefi da máquina, caso contrário se o usuário puder acessar as configurações de boot do dispositivo a proteção do GRUB irá por água abaixo. Pois carregar o sistema através de uma mídia permite que alterações e estragos sejam feitos no sistema residente.

    • Sep 25, 2018

      Tarball em 11 exemplos

      Tarball é um termo usado para um grupo de arquivos empacotados conjuntamente. O termo sugere uma bola de alcatrão (tar), um derivado do carvão, de consistência pegajosa usada como selante em coberturas e outras obras de construção
      “tar” (Tape ARchive) é um comando que agrupa diversos arquivos em um único, a partir de outros, possibilitando que sejam depois extraídos separadamente. Um arquivo “tar” tem o sufixo “.tar”.
      Podemos usar “tar” juntamente com gzip (.gz) e bzip2 (.bz2) para criar arquivos comprimidos, visto que “tar” não comprime; somente agrupa.
      Outros formatos de compactação: zip e rar. Mas estes não serão abordados aqui. O foco aqui é o tarball. Tarball é bastante útil quando quando queremos, por exemplo, enviar vários arquivos por email ou transferí-los de um dispositivo para outro. Muitos downloads para Linux estão no formato tar, por isso é bastante útil conhecer esta ferramenta.

    • Sep 6, 2018

      Comando find em 10 exemplos

      1-) Procurando por arquivos de tipo específico, no diretório corrente (representado por ponto):